O Banho de Arquimedes

O que escrevi há dois dias sobre aprender, é igualmente verdade para a produção.

Trabalhar é admirável. Produzir é admirável. É o trabalho, o nosso trabalho – o trabalho que traz novos objectos, ideias ou sistemas ao mundo, ou que faz com que os objectos, ideias ou sistema existentes se mantenham devidamente funcionais – que acrescenta valor à existência de todos.

Mas se estivermos todos sempre a produzir, de onde surge o novo?

O problema da produtividade é que não deixa espaço para a criatividade.

Vou tentar passar a ser um pouco mais (produtivamente) preguiçoso.

Fotografia: Tabbymom Jen Flickr via Compfight cc