Réquiem


 Talvez não seja para mim.
Os momentos de alegria,
Fazem-se suceder por poços de desespero.
Entes queridos,
Transformam-se em ratos que devoram,
Mordem o Sol. Tiram-lhe pedaços.
Dêem-me a planície.