Ficar no Jogo

Não querendo entrar numa discussão acerca do que a palavra “sucesso” significa, quero no entanto observar que a maioria das pessoas que tiveram “sucesso”, tiveram sorte. 

O que não lhes tira o mérito: apenas indica que o mérito sem sorte, não basta. As pessoas com mérito mas sem sorte, essas não têm sucesso, e, portanto, não contam histórias.

Até ao dia em que têm sucesso. Porque quem trabalha, quem se aplica numa obra, a melhorar constantemente, essas pessoas ficam no jogo.

E quem está a jogar, mais tarde ou mais cedo, tem sorte.

O mérito – o trabalho –  é uma componente. A sorte é outra.

O que liga os dois?

É a paciência.