Alta Definição

Meditar não é buscar um estado mental ou físico sublime. Meditar pode conduzir a isso – especialmente na vertente de exercício de respiração – mas não é esse o propósito da meditação.

O propósito da práctica de meditação é, em primeiro lugar, notar os filtros que aplicamos à nossa vida, à nossa percepção. Filtros que cobrem toda a nossa experiência sensorial constantemente, e que são invisíveis a menos que:

  1. Aprendamos acerca da sua existência.
  2. Treinemos a concentração necessária para os detectar.

Usamos óculos para ver com mais clareza. Compramos televisores maiores para melhor apreciar a arte da cinematografia ou do desporto. Usamos auscultadores de melhor qualidade para apreciar com mais definição o som do instrumento e a voz do cantor.

Nenhuma destas experiências, por refinadas que se tornem, nos conseguem levar ao mesmo sítio que a meditação nos leva. 

Mas a meditação, uma vez chegado a determinado patamar, clareia a nossa experiência de todas estas coisas – e de tudo o resto.