Sossego (Quase) Forçado

Cada vez me distraio com mais facilidade. É possível que tu, também. 

Somos ciborgues imperfeitos; temos toneladas de tecnologia mal-coladas ao nosso corpo, e não temos largura de banda para absorver toda a informação ao nosso dispor a cada momento.

Pior, não temos uma boa forma de absorver informação de várias fontes ao mesmo tempo.

A mim, afectava-em especialmente a manhã. Quando acordava, o mais fácil era agarrar logo no telefone e começar a ver noticias, ou mensagens, ou emails, ou posts de Facebook e de Twitter… Enfim, tudo servia como desculpa para não me levantar e fazer as coisas que se podem classificar como realmente viver a vida.

Descobri quase por acaso (Será uma coisa nova? Não sei.) uma função chamada “Downtime” no iOS. Posso configurar um período (por exemplo, das 21:00 às 9:00 ) em que o telefone bloqueia aplicações, e só deixa receber chamadas e SMS. Não é um bloqueio muito forte – basta um toque para desbloquear uma aplicação se precisar MESMO de a usar – mas é o suficiente diminuir a disciplina necessária à manutenção do auto-controle.

Mais uma vez, prova-se que é mais eficiente reduzir opções e criar obstáculos face a comportamentos indesejados, do que confiar na disciplina e força de vontade.

Pintura: “O Sono Interrompido,” por François Boucher