Paixão é para Amadores

Se queres cozinhar, tens que arrumar a cozinha. Nenhum trabalho é só a parte boa. 

Antes de ser director de marketing, trabalhei como escritor freelancer.  Escrevi para muitos clientes. E muitos trabalhos não eram sobre temas que me interessavam. A maioria, até.

Mas não era por isso que os despachava. Ou que os fazia de mau grado. Se os tratava de forma diferente de alguma maneira, era porque me aplicava ainda mais para que ficassem bem feitos, para compensar a minha falta de interesse.

Alguém que trabalha por paixão é um amador. O profissional aparece todos os dias, e faz o trabalho. Goste ou não. O profissional não associa a sua concretização pessoal ao trabalho em si, mas sim à sua capacidade de executar.

Pintura: “Um Médico a Examinar Urina”, por Bigot Trophîme