Isaque

Criar algo com valor exige sacrifício. Qualquer coisa que seja admirável – dirigir um filme de sucesso, escrever um livro que mude vidas, explorar uma floresta selvagem, escalar a maior montanha do mundo, criar uma criança que seja uma boa pessoa, com talento e valores…

Todas estas coisas saem da pele de quem as executa. Por detrás de cada uma destas conquistas está uma história de sacrifício. Sacrifício de saúde, ou de fortuna, ou de relacionamentos pessoais, ou de carreira, ou de muitas outras coisas, e provavelmente de uma combinação de várias delas.

Há muitas pessoas que não estão dispostas a fazer o sacrifício. Por isso é que o mundo está cheio de arte mediocre, de desportistas amadores, de pessoas inacabadas. 

Mas tudo bem. Ninguém é obrigado a sacrificar o que não quer sacrificar. Não há a expectativa de que cada pessoa deva produzir algo de valor ímpar para o mundo.

Mas que cada um saiba se o quer fazer ou não – e que esteja consciente do preço a pagar.