Fole

Não poderá o espaço entre o céu e a terra ser comparado a um fole?

Se esvazia, e no entanto não perde o seu vigor;
Se manuseia novamente, e eis que expele ar mais uma vez.
Muita conversa, à rápida exaustão vemos levar;
Guarda o teu eu interior, e mantem-no livre.

— Fracção do Tao Te Ching, parte 5

O difícil não é escrever todos os dias. Qualquer um sabe escrever, tal como qualquer um sabe falar. O difícil é bater nas teclas (ou abrir a boca) e fazer sair algo de valor. A “escrita fiada” é onde muitos tropeçam.

O escritor tem que expôr o seu eu interior. Arrisca-se a ser mal interpretado, ou às vezes, ainda pior: a ser plenamente entendido, e julgado inadequado. Mas fazer qualquer outra coisa? É escrita fiada.