imaginação-fértil

Uma Imaginação Fértil

Nem todos somos escritores ou pintores ou cineastas, mas quase todos temos uma imaginação fértil.

Vemos uma mulher a tomar café com um homem que não é o seu marido – ou vice-versa. Isso é o que vemos. O que entendemos é que está a trair.

Sentimos uma pontada no nosso coração, um aperto no peito. Isso é o que sentimos. O que entendemos é que estamos terrivelmente doentes, que vamos morrer.

Ser pragmático não é aceitar as coisas superficialmente (se temos dúvidas, devemos procurar esclarecê-las). Ser pragmático é não criar histórias na nossa cabeça, a partir de observações casuais.

A superfície do lago é o presente, é o que vemos, é o que sabemos de certeza. O que está debaixo é o incerto, o desconhecido, o que está escondido nas profundezas. Pode ser a verdade, pode ser o futuro – mas o mais provável é que seja apenas água.

imaginação-fértil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *